quarta-feira, 4 de julho de 2012

Gravissimo acidente com vitima fatal próximo a BR-226 em São Vicente na Região do Seridó

Um gravíssimo acidente automobilístico foi registrado na manhã desta quarta-feira, por volta de 8h30, em um trecho de rodovia estadual próximo BR-226 no município de cidade de São Vicente na Região do Seridó e envolveu uma carreta do tipo Mercedes Benz, de Placas MDW-4310-RN que trafegava na BR-226 sendo rebocada por uma caçamba tendo em vista que estava com problemas mecânicos

De acordo com informações colhidas pela nossa reportagem o acidente aconteceu porque o engate que ligava os dois veículos se rompeu e o motorista da carreta não conseguiu controlar veiculo que veio a capotar em um local conhecido como trecho da ladeira que fica localizado entre o trevo da BR-226 e a ligação com a estrada vicinal que que dá acesso a cidade de Cruzeta próxima uma ponte na rodovia.
A carreta envolvido no acidente transportava uma grande carga de material de construção sendo; tinta e cerâmica, que ficaram espalhadas pela pista.

O acidente teve o saldo de uma vitima fatal que trata-se do passageiro da carreta identificado como CARLOS DANIEL DE SOUZA DE 16 ANOS, residente na Rua Cândido Mendes, 143, Bairro Santa Maria Gorete, Currais Novos, que sofreu múltiplas fraturas pelo corpo e não resistiu aos ferimentos vindo a óbito ainda no local do acidente já que ficou preso nas ferragens da carreta não tendo tempo ser socorrido.
O motorista da carreta foi identicado apenas por Naldinho e tambem seria residente na cidade de Currais Novos. A Policia Rodoviária Estadual de Currais Novos foi acionada e está no local fazendo o registro da ocorrência e aguardando a chegada da Policia Civil e do ITEP para fazer a remoção do corpo da vitima.

Do Blog: Seguindo a linha de trabalho pautada pela informação e pelo respeito, o Blog do Eduardo Dantas não publica fotos de vitimas de acidentes mutiladas no local do acidente. 
 
FONTE:EDUARDO DANTAS



Após trair orientação de Henrique Alves, Alberto Araújo deverá perder controle do PMDB de Jardim de Piranhas

3286
O clima não anda nada bom entre o presidente estadual do PMDB, deputado federal Henrique Alves e o presidente do seu partido em Jardim de Piranhas, Alberto Araújo. Henrique não gostou de ter sido “enrolado” por Alberto, que desrespeitou sua orientação de levar o PMDB para o palanque de Rogério Couro Fino (PR). Alberto, no entanto preferiu deixar o partido neutro, sem se coligar com ninguém, e “subitamente” apoiar a do adversário de Rogério, o empresário pernambucano Elídio Queiroz (PSD).
Sem a confiança de Henrique, dificilmente Alberto permanecerá com o comando do PMDB de Jardim de Piranhas. Alberto, que por sinal estava já de malas arrumadas para o palanque de Rogério Couro Fino, chegou a participar de algumas reuniões com o grupo de apoiadores do republicano, mas dias depois, sem maiores explicações, resolveu subir no palanque do adversário de Couro Fino.
Segundo informações chegadas ao Blog, Henrique só soube da “adesão” de seu aliado, minutos antes de começar a convenção de Elídio. Após a postura de Alberto, os comentários na cidade de Jardim de Piranhas são os piores possíveis, ao ponto de deixar envergonhada a memória dos maiores líderes políticos que a cidade já teve.


FONTE: MARCOS DANTAS

Cerca de 800 professores convocados pelo Estado estão sem receber salários

Cerca de 800 professores concursados e recém-convocados pelo Governo do Estado estão sem receber salário desde março, quando começaram a dar expediente nas escolas públicas. Hoje totalizam 100 dias do efetivo exercício do cargo. Eles fazem parte de um contingente de educadores aprovados no concurso público realizado no ano passado pelo Governo, para diminuir o déficit de professores nas escolas da rede estadual. Outro  problema é que eles não assinaram o termo de posse no cargo, ou seja, dizem que oficialmente não são servidores do Estado do Rio Grande do Norte.

Hoje pela manhã, uma comissão que representa o grupo dos professores foi à Secretaria Estadual de Educação (Seec), no Centro Administrativo, em Lagoa Nova, tentar uma audiência com a secretária Betânia Ramalho. “Eram 3.500 vagas no concurso. Convocaram mil, e cerca de 800 apareceram. Como oficialmente não tomamos posse, não temos vínculo, nem matrícula. Diariamente vamos dar aula, mas está difícil pagar transporte, alimentação, nossos compromissos financeiros. Alguns de nós somos casados”, disse Herbert Alexandre Vieira dos Santos, professor de História que ensina na Escola Estadual João Fernandes Machado, em Ponta Negra.

Os professores vão receber o salário retroativo, mas estão incomodados porque não sabem quando isso vai acontecer. Fica difícil fazer dívidas e programar compromissos financeiros. “Viemos aqui porque desde o final de março não temos nenhum auxílio financeiro. A publicação saiu em 17 de março no Diário Oficial, providenciamos a papelada e começamos a dar aula no final daquele mês. Agora a situação começa a ficar complicada”, acrescentou Herbert.

Coordenadora diz que burocracia é normal

A secretária Betânia Ramalho não recebeu o grupo de professores que foi à Seec saber quando receberiam os vencimentos dos três meses. O grupo foi recebido na Coordenadoria de Administração Pessoal de Recursos Humanos da Seec. Lá a
justificativa para a demora foi a burocracia. “São trâmites normais. A nomeação saiu em março e eles tinham 30 dias para se apresentar. O prazo foi estendido até maio. Além da abertura do processo, temos que levar a documentação ao setor jurídico, e encaminhá-la também à Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos e também Controladoria Geral do Estado, para fazer comparação de vínculos, e outros detalhes. Só depois é que os nomes são incluídos na Folha de Pagamento”, justificou a coordenadora de Recursos Humanos da Secretaria de Educação, Ivonete Bezerra.


Fonte: dn oline

Cabral confirma morte de mulher após incêndio no Pedro Ernesto

Governador Sérgio Cabral confirma morte de paciente do Hospital Pedro Ernesto (Foto: Janaína Carvalho/ G1)
O governador Sérgio Cabral informou que uma mulher morreu após inalar muita fumaça no incêndio que atingiu o Hospital Pedro Ernesto, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira (4). A vítima, que foi identificada oficialmente como Edenir Pereira, de 65 anos, tinha fibrose pulmonar e já estava em estágio terminal, segundo Cabral.
"Infelizmente, tivemos o óbito de uma pessoa que estava numa fase muito difícil. Evidentemente, a fumaça contribuiu para o óbito acontecer", disse o governador.
Já o diretor do hospital, Rodolfo Acatalassu, disse que a paciente tinha um problema grave de pulmão e que a inalação de fumaça é uma das possibilidades para a morte da mulher. As circunstâncias da morte da paciente serão apuradas.
"Ela tinha uma doença pulmonar avançada, que evoluiu para uma parada cardíaca, provavelmente por causa da inalação de fuligem", disse o diretor, informando que a família já autorizou a realização da necrópsia para saber a causa do óbito.
O governador também relatou que dará total apoio para a recuperação da unidade e que, após o término da perícia, vai liberar recursos para a obra de recuperação.

Fonte: g1.com