segunda-feira, 2 de julho de 2012

Pai de Cachoeira diz que filho 'nunca mexeu com jogo do bicho'

Sebastião de Almeida Ramos, pai de Carlos Cachoeira, que está preso desde fevereiro. (Foto: Vianey Bentes/ TV Globo)
Sebastião de Almeida Ramos, conhecido como Tião Cachoeira e pai do contraventor Carlinhos Cachoeira, afirmou, em entrevista ao G1, que seu filho "nunca mexeu como o jogo do bicho". Tião Cachoeira diz que Carlinhos, como é conhecido o filho, só ajudou donos de máquinas caça-níqueis e que o sustento vinha de um laboratório farmacêutico em Anápolis (GO).
Carlinhos Cachoeira está preso desde o fim de fevereiro acusado de utilizar uma rede formada por agentes públicos e privados para explorar o jogo ilegal. As relações dele são investigadas em uma CPI mista no Congresso Nacional.
"O que acabou com o Carlinhos foi a mídia. Ele nunca mexeu com o jogo do bicho. Fazem dele um mostro. Da forma como estão tratando ele, cada dia ele é uma pessoa pior. Ele é mais do que vítima. Ele é mais do que honesto", afirmou Tião Cachoeira ao G1. A entrevista foi concedida na casa de Tião em Anápolis, no mesmo dia que o "Fantástico" entrevistou Andressa Mendonça, mulher de Carlinhos Cachoeira .
Tião Cachoeira, atualmente com 88 anos, disse que ele próprio atuou com jogo do bicho por cerca de 20 anos. Contou que começou ainda jovem, na década de 60, logo que chegou a Anápolis, depois de ajudar na construção de Brasília na década de 50.


Fonte: g1

Nenhum comentário:

Postar um comentário