quarta-feira, 25 de julho de 2012

Multidão acompanha enterro de PM morta em UPP




O enterro da policial militar Fabiana Aparecida de Souza, de 30 anos, morta em ataque de bandidos à sede da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Nova Brasília, no Complexo do Alemão, na noite de segunda-feira (23), foi acompanhado por uma multidão, na manhã desta quarta-feira (25), em Valença, no sul Fluminense.
Centenas de pessoas compareceram ao sepultamento da soldado. As ruas no entorno do cemitério do Riachuelo, no centro da cidade, ficaram lotadas e quando o caixão entrou carregado na capela para o velório foi feita uma salva de palmas. Pétalas de rosas foram despejadas de um helicóptero da PM.
Autoridades estavam presentes, entre elas o comandante-geral da corporação, coronel Erir Ribeiro Costa Filho. A irmã de Fabiana, a também policiail militar Luciana Souza, cabo do Batalhão de Piraí (10º BPM), também acompanhou o enterro muito abatida.
No início da noite de terça, o relações-públicas do Bope (Batalhão de Operações Especiais), major Ivan Blaz, informou que os policiais do batalhão continuarão dando apoio aos PMs das UPPs do Complexo do Alemão até que sejam concluídas as investigações. Blaz também informou que os agentes continuam procurando por suspeitos. Por volta das 18h, o Disque-Denúncia (2253-1177) informou que havia recebido 17 ligações sobre o ataque de traficantes à base da UPP Nova Brasília.

Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário