terça-feira, 10 de julho de 2012

Itaú Unibanco e BMG afirmam que parceria foi fechada em cinco dias

O presidente do Itaú Unibanco, Roberto Setubal, e o presidente do BMG, Ricardo Guimarães (Foto: Darlan Alvarenga/G1)
O presidente do Itaú Unibanco, Roberto Setubal, e o presidente do BMG, Ricardo Guimarães, afirmaram que a associação entre os bancos, anunciada nesta terça-feira (10), para oferta, distribuição e comercialização de crédito consignado, foi fechada na noite de segunda-feira, após “poucos dias” de negociação.
“Foram de quatro a cinco dias [de negociação]”, disse Setubal, em entrevista realizada nesta terça-feira, na sede do Itaú Unibanco. “A operação de ser decidida num tempo talvez recorde pela forma simplificada de se criar uma joint-venture (parceria)”, acrescentou.
Nas últimas semanas, Bradesco e BTG vinham sendo apontados como possíveis compradores ou participantes de uma associação com o BMG. O Itaú Unibanco não fora citado como potencial parceiro.
Guimarães admitiu que o BMG recebeu outras propostas, mas preferiu comentar apenas a opção escolhida pelo grupo, que segundo o executivo permitirá que o banco continue “operando de maneira agressiva” no mercado de crédito consignado.
O presidente do BMG disse também que pesou na decisão a proposta do Itaú de associação, em vez de uma compra. “Não que a gente teria de vender. Mas foi uma hipótese que a gente avaliou também e preferimos optar pela não venda”, disse o executivo.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário