quarta-feira, 4 de julho de 2012

Cabral confirma morte de mulher após incêndio no Pedro Ernesto

Governador Sérgio Cabral confirma morte de paciente do Hospital Pedro Ernesto (Foto: Janaína Carvalho/ G1)
O governador Sérgio Cabral informou que uma mulher morreu após inalar muita fumaça no incêndio que atingiu o Hospital Pedro Ernesto, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio de Janeiro, na manhã desta quarta-feira (4). A vítima, que foi identificada oficialmente como Edenir Pereira, de 65 anos, tinha fibrose pulmonar e já estava em estágio terminal, segundo Cabral.
"Infelizmente, tivemos o óbito de uma pessoa que estava numa fase muito difícil. Evidentemente, a fumaça contribuiu para o óbito acontecer", disse o governador.
Já o diretor do hospital, Rodolfo Acatalassu, disse que a paciente tinha um problema grave de pulmão e que a inalação de fumaça é uma das possibilidades para a morte da mulher. As circunstâncias da morte da paciente serão apuradas.
"Ela tinha uma doença pulmonar avançada, que evoluiu para uma parada cardíaca, provavelmente por causa da inalação de fuligem", disse o diretor, informando que a família já autorizou a realização da necrópsia para saber a causa do óbito.
O governador também relatou que dará total apoio para a recuperação da unidade e que, após o término da perícia, vai liberar recursos para a obra de recuperação.

Fonte: g1.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário