terça-feira, 7 de junho de 2011

Palocci pede demissão a Dilma

O ministro Antonio Palocci entregou hoje (7) sua carta de demissão à presidenta Dilma Rousseff. De acordo com nota divulgada pela Casa Civil, o ministro considera que a decisão do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, de arquivar as investigações contra ele "confirmam a legalidade e a retidão de suas atividades profissionais no período recente, bem como a inexistência de qualquer fundamento, ainda que mínimo, nas alegações apresentadas sobre sua conduta"

FONTE: AGÊNCIA BRASIL

Mulher foi assassinada a facadas pelo marido em Patos na manhã de hoje


A polícia está à procura de um indivíduo acusado de ter assassinado a ex-companheira Iuma Nóbrega da Silva, 22 anos, com quem manteve um relacionamento conturbado por causa do ciúme doentio dele.

De acordo com informações o acusado é conhecido por “Júnior Cego” e não aceitava a separação. Ela teria resolvido deixar o suspeito há cerca de três meses, porém de acordo com familiares, ele não se conformava com a separação e vivia perseguindo a vítima.
A tragédia aconteceu por volta das 07h:30m na travessa Senhor Gualberto, com a Pedro II no bairro Santo Antônio. Houve luta corporal entre os dois e a mulher acabou sofrendo pelo menos 06 (seis) facadas de acordo com a perícia.

Após cometer o crime, júnior Cego fugiu e levou consigo a faca utilizada para matar a ex-companheira que morreu antes mesmo de receber os primeiros socorros, por uma equipe do Samu que esteve no local, momentos após o sinistro. Ele deixou a arma na casa de um parente e depois desapareceu.

A família está indignada com a tragédia. A policia realizou diligências para tentar localizar o suspeito, mas até agora não há informação do seu paradeiro. Segundo relato de testemunhas, o casal tinha dois filhos pequenos.

Fonte: É Sertão com Portal Patos 

Governo vai pedir ilegalidade da greve e cortar ponto dos policiais civis

Em coletiva concedida à imprensa na tarde desta terça-feira (7), no auditório da Governadoria o procurador geral do estado, Miguel Josino anunciou que o Governo vai ajuizar uma ação pedindo a ilegalidade da greve da Polícia Civil, que já dura mais de 20 dias. O procurador anunciou ainda que o ponto dos trabalhadores que aderiram ao movimento será cortado.

De acordo com Miguel Josino, dois 8 itens da pauta de reivindicações dos policiais, seis foram atendidos. Segundo ele, apenas dois ficaram de fora em virtude do limite prudencial.

Também presente na coletiva, o Secretário de Estado da Administração e dos Recursos Humanos, José Anselmo de Carvalho Júnior, disse que o corte do ponto pode se estender às outras categorias que também estão em greve. “Estamos estudando essa possibilidade, mas diante da situação essa medida é real”, declarou o secretário.

Outra questão levantada sobre a Polícia Civil diz respeito a outra paralisação da categoria no ano de 2007, ocasião em que uma ação da justiça pediu uma multa de R$ 5 mil por dia, caso fosse descumprida a determinação de que os grevistas voltassem ao trabalho.

O valor calculado referente ao dia da determinação até o dia em que o movimento chegou ao fim deverá ser pago pelo Sinpol/RN caso fique comprovado que a multa não foi cobrada.


FONTE: DN OLINE

Nuvens de vulcão do Chile atingem fronteira com o Brasil, diz FAB

Fumaça de vulcão chega à fronteira com o Brasil, diz FAB (AP)


As nuvens do vulcão Puyehue, que entrou em erupção no final de semana no Chile, chegaram nesta terça-feira (7) ao espaço aéreo brasileiro, informou a FAB (Força Aérea Brasileira). As nuvens atingiram a fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai.
Segundo o Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), órgão do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), a camada de fumaça está concentrada na faixa de 5.200 a 7.600 metros de altitude.
“No momento, as nuvens afetam uma pequena porção do espaço aéreo brasileiro próximo a fronteira com o Uruguai”, informou o major Antonio Marcio Ferreira Crespo, gerente nacional do fluxo de tráfego aéreo.
Segundo ele, há previsão de modificação de rotas e destinos de forma que as aeronaves não pousem em aeroportos impactados pelas nuvens. Até a tarde desta terça, no entanto, o maior impacto nos aeroportos brasileiros está, segundo o major, “muito mais relacionado a problemas meteorológicos do que propriamente em relação a nuvens vulcânicas”.

FONTE: G1