domingo, 29 de maio de 2011

Mega-Sena acumula e sorteia prêmio de R$ 43 milhões na quarta



Ninguém acertou as seis dezenas sorteadas no concurso 1.287 da Mega-Sena, na noite deste sábado (28), e o prêmio acumulou. Com isso, na próximo quarta-feira (1), a loteria pode pagar até R$ 43 milhões a quem acertar os seis números do concurso 1.288, segundo estimativas da Caixa Econômica Federal.
As dezenas sorteadas neste sábado foram: 11, 12, 31, 33, 42 e 52.
Embora ninguém tenha levado o prêmio milionário, 137 apostadores acertaram cinco números e vão receber R$ 23.204,42, cada um. Outras 8.177 apostas acertaram quatro dezenas sorteadas e vão ganhar R$ 555,39, cada.
As apostas da Mega-Sena custam a partir de R$ 2 e devem ser feitas até as 19h do dia do sorteio, em qualquer uma das mais de 10 mil casas lotéricas do país.

Polícia prende suspeitos de assalto a joalheria de shopping em SP

Joalheria foi alvo dos assaltantes (Foto: Caroline Hasselmann/G1)


Dois suspeitos de participação no assalto a uma joalheria do Shopping Metrô Itaquera, na Zona Leste de São Paulo, na tarde deste sábado (28) foram presos pela polícia.
Um policial militar aposentado que fazia a segurança da loja foi baleado e morreu. Um dos assaltantes também ficou ferido e está sob escolta policial no hospital. O outro foi preso após fugir do local em um carro roubado.
Segundo o tenente Demétrio Nunes, da Polícia Militar, os dois anunciaram o assalto à joalheria por volta das 13h20. Um dos ladrões estava com um pacote na mão que dizia ser uma bomba e ameaçou detonar o artefato.
Na fuga, um deles foi abordado pelo PM aposentado e desarmado. O policial achou que ele estava sozinho. O outro criminoso, no entanto, saiu logo depois e se atracou com o policial. O colega voltou a pegar a arma e atirou, acertando tanto o PM quanto o outro ladrão.
Os dois ainda conseguiram fugir. Um deles, ferido, foi atendido em um hospital em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. A polícia foi, então, acionada. Já o outro conseguiu roubar um carro, mas foi pego dirigindo o veículo durante a fuga, de acordo com Nunes.
O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), da PM, foi acionado para analisar o material que foi deixado por um dos assaltantes na loja. Mas a hipótese de bomba foi afastada pela corporação.
Após o crime, quase todas as lojas fecharam as portas no shopping. Boa parte decidiu não reabrir.
Em nota, o Shopping Metrô Itaquera disse que não sabia que o segurança da loja atuava armado.
A polícia irá analisar as imagens das câmeras de segurança e investiga se mais pessoas participaram da ação. O caso foi registrado no 65º DP, em Artur Alvim. As joias roubadas foram recuperadas.


FONTE:G1