quinta-feira, 5 de maio de 2011

Americana é presa por simular ato sexual barulhento

Ellenbeth Wachs foi presa por simular ato sexual barulhento. (Foto: Divulgação)
A norte-americana Ellenbeth Wachs foi presa na última segunda-feira (2) em Lakeland, no estado da Flórida (EUA), acusada de simular um ato sexual barulhento no quarto de sua casa, segundo reportagem da emissora de TV "WTSP".
Um vizinho contou que o incidente começou depois que seu filho de dez anos foi repreendido pela mulher enquanto jogava basquete na manhã do dia 13 de março. O adolescente voltou para casa e contou o episódio para o pai.
Quando foi o com filho até o pátio para jogar com ele, o homem alega que começou a ouvir ruídos inapropriados vindos dentro de casa de Ellenbeth. Segundo ele, os gritos foram ficando cada vez mais alto e lembravam um ato sexual.

FONTE:G1

Com sete votos a favor, união estável homoafetiva é virtualmente aprovada

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes concluiu, por volta das 18h, seu voto favorável ao reconhecimento de uniões civis entre casais de mesmo sexo. Com isso, a Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 132 está virtualmente aprovada. Entretanto, até que o último ministro vote, os demais podem repensar e alterar as próprias decisões - motivo pelo qual não é possível afirmar o veredito do júri.

Dos dez ministros aptos a julgar a questão, sete já se posicionaram favoráveis ao direito. Se nenhum dos quatro restantes pedir vistas ao processo, a questão pode ser definida ainda nesta quinta-feira (5/5). Caso contrário, será definida uma nova data para a continuação do julgamento.

Seis a zero

Na quarta (4/5), o ministro do STF e relator do processo Ayres Britto leu seu parecer. Britto mostrou-se favorável a uma interpretação conforme a Constituição Federal para excluir qualquer significado do artigo 1.723, do Código Civil, que impeça o reconhecimento da união entre pessoas do mesmo sexo como entidade familiar.

Os cinco votos apresentados nesta quinta, pelos ministros Luís Fux, Carmen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Joaquim Barbosa, Gilmar Mendes e Ellen Gracie seguiram o parecer do relator, embora tenham apontado ressalvas e questões controversas sobre o assunto. A maior parte dos ministros cobra uma atuação mais incisiva do Poder Legislativo no tema, já que dilemas como a adoção por casais homoafetivos e a criminalização da homofobia continuam sem um parâmetro legal.

Por volta das 18h20, o ministro do STF Marco Aurélio Mello começou a leitura do voto, já anunciando que seguirá o voto do relator.

FONTE:DN OLINE

Previsão do tempo para Cruzeta nesse fim de semana

Quinta-Feira, 05/05 nascer e pôr-do-sol: Nascer do Sol 05h28 Pôr do Sol 17h20
icone manhã
icone tarde
icone noite
30ºC
23ºC
Quantidade e Probabilidade de Chuva
41mm 80%
Direção e Velocidade do Vento
ESE 18km/h
Umidade relativa máxima e mínima
90% 47%
Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.
Sexta-Feira, 06/05 nascer e pôr-do-sol: Nascer do Sol 05h28 Pôr do Sol 17h20
icone manhã
icone tarde
icone noite
31ºC
23ºC
Quantidade e Probabilidade de Chuva
4mm 80%
Direção e Velocidade do Vento
ESE 19km/h
Umidade relativa máxima e mínima
78% 46%
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
Sábado, 07/05 nascer e pôr-do-sol: Nascer do Sol 05h28 Pôr do Sol 17h19
icone manhã
icone tarde
icone noite
31ºC
22ºC
Quantidade e Probabilidade de Chuva
4mm 80%
Direção e Velocidade do Vento
SE 19km/h
Umidade relativa máxima e mínima
77% 38%
Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
Domingo, 08/05 nascer e pôr-do-sol: Nascer do Sol 05h28 Pôr do Sol 17h19
icone manhã
icone tarde
icone noite
31ºC
23ºC
Quantidade e Probabilidade de Chuva
0mm 0%
Direção e Velocidade do Vento
SE 19km/h
Umidade relativa máxima e mínima
80% 43%
Sol com algumas nuvens. Não chove.
 
FONTE:CLIMA TEMPO

Médico caicoense é preso acusado de “apalpar” seios de paciente

O médico caicoense, Helio Rubens, foi preso na tarde de quarta-feira, 04 de maio, pelo delegado Heberth Luiz Henriques. De acordo com a denúncia, ele teria apupado os seios de uma paciente quando realizava consulta.
A polícia informa que ele foi detido dentro de uma clinica particular aonde trabalha, mas o atendimento a vítima aconteceu nas dependências do “Cris”, e a consulta seria um retorno.
O advogado Janduí Fernandes, que defende Hélio Rubens, afirma que ele é inocente e que tudo não passa de uma armação.
“Nós vamos ingressar na Justiça com um pedido de Hábeas Corpus para que ele seja posto em liberdade, e vamos provar a sua inocência. Helio Rubens é um médico que tem uma carreira de mais de 30 anos. Nunca houve em sua história de trabalho um problema se quer”, disse.
Ainda na noite de quarta-feira, quando era lavrado o flagrante pelo delegado Herbert Henriques, o médico sofreu um “pico de pressão” e teve que ser atendido por um cardiologista. De lá, ele teve que ser levado ao Pronto Atendimento da UNIMED, onde ficou internado sob custódia policial.
Quando estava na delegacia de polícia, a vítima não quis contato com a imprensa.

FONTE:BLOG DO SIDNEY SILVA

Marrone é investigado sob suspeita de ter pilotado o helicóptero, diz jornal

Marrone recebeu alta na quarta-feira

O Centro de Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) está analisando se o cantor Marrone, da dupla Bruno e Marrone, pilotava o helicóptero que caiu em São José do Rio Preto na última segunda-feira, dia 2.
De acordo com a coluna Olá!, do jornal "Agora São Paulo", a investigação segue apesar da assessoria dos sertanejos alegar que ainda não foram comunicados.
Marrone, que ficou internado até esta quarta-feira, dia 4, foi liberado após constatar que suas escoriações eram leves.
Já o secretário do cantor, Jardel Alves Borges, e o piloto, Almir Carlos Bezerra, permanecem internados.
Jardel está em estado grave no Hospital de Base e, o piloto, que está na Santa Casa de São José do Rio Preto, passou por uma cirurgia e teve seu pé esquerdo amputado.


Redatora: Clarissa Mirzeian

Ônibus desce barranco em Currais Novos na noite desta Quarta-Feira


Acidente em Currais Novos as 18:50 HS desta Quarta-Feira, na Avenida Silvio Bezerra  de Mello, centro de Currais Novos, a causa do acidente segundo informações que obtivemos com o 2º grupamento de Policia Rodoviária estadual, teria sido defeito mecânico o veiculo o ônibus Mercedes bens 1313 de placas: MYL-5357 Currais Novos- RN , conduzido pelo motorista Francisco Freire da Silva, no acidente só danos materiais.

FONTE: BLOG DO EDMILSON SOUSA

Para lidar com passageiros bêbados e tarados, aeromoças chinesas treinam kung fu




Na China, aeromoças de diversas companhias aéreas estão participando de aulas de kung fu Wung Chu, para aprenderem a se defender de passageiros "assanhados". Segundo o Orange News, chefes das empresas aéreas garantem que as comissárias precisam lidar com cerca de três casos por semana em que clientes bêbados tentam apalpá-las durante os voos.
O objetivo é aumentar a segurança das funcionárias e de outros passageiros. A técnica Wung Chu de kung fu permite que se imobilize e neutralize um agressor em poucos segundos, com movimentos precisos.
Segundo o instrutor Sifu Lu Heng, o Wung Chu é ideal para esse tipo de situação pois é uma arte marcial que funciona melhor em espaços pequenos, como em um avião. É melhor pensar duas vezes antes de beber demais e tentar dar uma de engraçadinho para cima das aeromoças chinesas.


FONTE:CONTRA OUTRA.COM 


MP denuncia escândalo envolvendo verbas da FJA

O Ministério Público identificou mais um esquema envolvendo a Fundação José Augusto no primeiro mandato de Wilma de Faria. Em um esquema operado pelas mesmas pessoas envolvidas no Foliaduto, onde mais de R$ 2 milhões foram pagos em “shows fantasmas”, licitações eram fraudadas para beneficiar uma empresa do sobrinho da ex-governadora Wilma de Faria.

ELISA ELSIEFrançois Silvestre: gestão à revelia dos princípios da legalidadeFrançois Silvestre: gestão à revelia dos princípios da legalidade
No total, foram 129 processos que tiveram apenas uma empresa vencedora, a Super  Star Promoções e Eventos, de William Collier, sobrinho da então governadora Wilma de Faria. Além dele, o processo tem outros 12 réus. O Ministério Público os denuncia por improbidade administrativa e pede que juntos façam o ressarcimento de R$ 777.288,50.

Para burlar a legislação que obriga licitação nas compras acima de R$ 8 mil, os gestores optavam por fracionarem os contratos. Na festa chamada “La Badyére”, por exemplo, a Super   Star “venceu” a concorrência para fornecer “produção, criação e confecção do cenário e criação e confecção do figurino”. Na análise dos promotores, está configurada a fraude na lei das licitações. No espetáculo “Ribeira das Artes” a “coincidência” é que a Super  Star ganhou todos os convites de “menor preço”. De setembro de 2004 a novembro de 2005, sem licitação, a empresa de William Collier havia embolsado apenas com esse evento R$ 164.675,00. 

Embora o grande beneficiário fosse o sobrinho da então gestora, as empresas Sunlight Entertaintmente, Marcelo Costa ME, L. Barbalho Filho e Comercial JFP do Vestuário também foram beneficiadas pelo esquema. 

O modus operandi do grupo era o mesmo usado no Foliaduto. Não eram feitas licitações, apenas pesquisa de preço e quem ganhava era sempre a Super

Star Promoções e Eventos. Apenas em 2005, o valor total dos contratos superou os R$ 340 mil, quando a lei de licitações prevê a modalidade convite apenas para compras de até R$ 8 mil. 

“O escancarado esquema de fracionamento de despesas no âmbito da FJA, que redundou na dispensa das respectivas licitações, só foi possível graças à atuação dos gestores, ora demandados, François Silvestre de Alencar e José Antonio Pinheiro da Câmara Filho”, escreveram os promotores, em referência ao presidente na época da Fundação, François Silvestre, e ao diretor geral José Antonio. 

Dos 129 processos que tiveram como ganhadora a Super Star, François ordenou a despesa de apenas nove, os demais foram pagos com a autorização de José Antonio Filho. 

Na denúncia, o Ministério Público relata ainda que na análise das contas da Fundação José Augusto, nos exercícios de 2003 a 2006, foram identificadas irregularidades no fracionamento sistemático das despesas referentes à contratação de empresas para realização de espetáculos e apresentações artísticas. 

Empresa sem dono

Na investigação envolvendo o novo escândalo da Fundação José Augusto, os promotores identificaram até mesmo empresa fantasma. A JPF Comércio Vestuário foi contratada para o evento “Danças Folclóricas”, realizado em Nísia Floresta. O problema é que Fernando Inácio da Silva Júnior, apontado no processo de licitação da Fundação José Augusto como sócio, nunca atuou na empresa. 

A JPF recebeu, em outubro de 2005, R$ 30 mil pelo “fornecimento” de calçados e fantasias para a festa. 

Banco dos réus - Dirigentes da FJA e empresas relacionadas no processo pelo Ministério Público

François Silvestre - procurador do Estado

José Antônio Pinheiro da Câmara Filho - atuou como diretor geral da Fundação José Augusto

William Collier - representante da Super Star Promoções

Saturnino de Oliveira Fernandes Borges

Lucílio Barbalho Filho - empresário de Assu

Maria Jacira Marques de Oliveira

Karla Maria Pereira do Amaral - sócia da Sunlight Entretenimentos

Fabiano César Lima da Motta - empresário

Laércio Bezerra de Melo - funcionário da Fundação José Augusto

Super Star Promoções e Eventos

Marcelo Costa ME  - empresa dirigida por Fabiano Motta 

Tatu Publicidade e Eventos  - empresa localizada em Assu

 Sunlight Entretenimentos

Ex-presidente da FJA confirma irregularidades

Na denúncia feita pelo Ministério Público à Justiça, os promotores relataram que François Silvestre confirmou irregularidades nas licitações da Fundação José Augusto. Segundo os promotores, “ele deixou suficientemente claro que, independentemente de constar ou não sua assinatura, todas as irregularidades que foram cometidas naquela Fundação eram do seu conhecimento e contavam com sua aprovação. Assim, não há como afastar sua responsabilidade pelo brutal fracionamento de despesas que acontecia naquela Fundação”, escreveram os promotores na denúncia.

“A verdade é que os demandados François Silvestre e José Antonio Pinheiro fizeram uma gestão totalmente à revelia dos princípios da legalidade, moralidade e impessoalidade, fazendo letra morta as normas que regem a Administração Pública”, relata o Ministério Público.

Notificado pelo MP, o empresário William Collier, o grande beneficiado das fraudes licitatórias, disse não ter conhecimento do fracionamento das licitações. 

Procurado pela reportagem da TRIBUNA DO NORTE, o produtor afirmou que não tem qualquer responsabilidade sobre os atos dos gestores. “Não fui eu que pedi esse fracionamento. Agora se houve fracionamento a culpa não foi minha. Cabe ao órgão público fazer a licitação”, afirmou.

Ele creditou as denúncias ao fato de “tentarem levar para o lado político”. “Não tem nada a ver. Na gestão de Garibaldi Filho eu fiz o projeto Seis e Meia. Minha empresa prestou serviço para órgão público e todo serviço foi feito. Nunca houve nenhum show meu cancelado”, comentou.

Ele ressaltou que todas os serviços pagos foram prestados. Sobre o pedido do Ministério Público que quer a condenação dos 13 réus no processo para ressarcirem os cofres públicos, Collier analisou: “como eu vou ressarcir os cofres públicos de um serviço que eu prestei?”


FONTE: TRIBUNA DO NORTE

05 mai Prefeitos estarão reunidos em Caicó para definir ações da Defesa Civil no Seridó

Em decorrência da previsão de chuvas fortes neste mês de maio, prefeitos do Seridó estarão reunidos hoje (05), às 09h, na Adese, para elaborar um plano de ação para as cidades da região. As medidas a serem tomadas são de contenção para o período chuvoso.
O encontro reunirá membros da Associação dos Municípios do Seridó (AMS), para discutir ações depois das chuvas, como os locais de amparo para os desabrigados, transportes para os necessitados, alimentação, equipe médica, veículos, motoristas, entre outros.



FONTE: BLOG DO CARDOSO SILVA

DOE divulga os nomes dos novos diretores do Hospital Regional do Seridó em Caicó


O Diário Oficial do Estado, trouxe em sua edição desta quinta-feira, 5 de maio, a nomeação da diretoria do Hospital Regional do Seridó em Caicó.
O Secretário Estadual de Saúde, Domicio Arruda, designou para o cargo de diretor geral do H.R, o vereador Nildson Medeiros Dantas.
O médico Silvio Santos, foi designado para responder pela Direção Técnica do Hospital, enquanto José da Noite de Medeiros que estava responsável pela direção geral, foi designado para o cargo de Diretor Administrativo/Financeiro daquela unidade de saúde.

FONTE: BLOG DO SIDNEY SILVA

Austrália apreende metanfetamina avaliada em US$ 54 milhões

Polícia australiana apreende, durante operações em Sydney e Perth, 239 kg de metanfetamina, carregamento avaliado em cerca de US$ 54 milhões. (Foto: Polícia Federal Australiana / AFP Photo)


A Polícia Federal australiana fez apreensão de quantidade recorde de metanfetamina, durante operações conjuntas em Sydney e Perth: 239 kg.
O carregamento está avaliado em cerca de US$ 54 milhões.
A droga vinha da Europa, trazida por quatro homens: dois australianos, um belga e um holandês.
Segundo a polícia, os quatro presos serão julgados por tráfico e posse de drogas.
A metanfetamina é uma droga estimulante 
FONTE:G1

UFRN anuncia exclusão de mais cinco candidatos por uso indevido do argumento de inclusão


A Comissão de Sindicância instaurada para apuração de irregularidades na inscrição de candidatos ao Vestibular 2011, com o uso indevido do Argumento de Inclusão (AI), concluiu seus trabalhos e o reitor Ivonildo Rêgo homologou os resultados. Os candidatos Edriellison Jales de Oliveira (Medicina), Mayla Eduarda Nascimento Silva (Nutrição) e Livia Caroline Gonçalves de Souza, Roberta Guimarães Rihan , Lázaro Januário da Silva (Odontologia), serão excluídos do concurso. 

Segundo a Comissão, a candidata Nilvan Bernardino da Silva (Medicina) atende ao perfil para a bonificação do Argumento de Inclusão, devido à ausência de provas de que a mesma tenha estudado na rede particular, e recomendou a manutenção da sua matrícula. 

A decisão da Comissão tem por fundamento a Resolução do CONSEPE (Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão) e o Edital do Vestibular, que regulamentam o concurso, em consonância com o princípio constitucional da isonomia. Essa recomendou à UFRN proceder investigação minuciosa em todos os casos de alunos aprovados com o benefício do Argumento de Inclusão pelo Sistema de Educação de Jovens e Adultos (EJA), inclusive em concursos anteriores. 

O despacho do reitor Ivonildo Rêgo, em que ele homologa as decisões da Comissão, foi encaminhada ao Departamento de Administração Escolar para validação do ingresso da candidata Nilvan Bernardino da Silva e exclusão dos demais envolvidos. 

No caso dos alunos Edriellison Jalles, do Curso de Medicina e Roberta Guimarães, do Curso de Odontologia, desclassificados no Vestibular sem o benefício do Argumento de Inclusão, a orientação é que sejam preenchidas as vagas com os candidatos, imediatamente, classificados.
FONTE: DN OLINE