terça-feira, 19 de abril de 2011

AÇUDE DE CRUZÊTA COMEÇA A TRANSBORDAR

                                                               FOTO FOLHA DE CRUZÊTA

POR VOLTA DAS 14:45 hs DESTA TERÇA FEIRA DIA 19 DE ABRIL DE 2011, O AÇUDE PÚBLICO DA CIDADE DE CRUZÊTA COMEÇOU A TRANSBORDAR OU COMO DIZ A POPULAÇÃO "SANGRAR", A CIDADE ESTÁ EM CLIMA DE FESTA E A ALEGRIA  BROTA NO OLHAR DE CADA CRUZENTENSE.
AGRADECEMOS A DEUS E  A NOSSA SENHORA DOS REMEDIOS, PELO PRESENTE EM PLENA SEMANA SANTA.


Sumiço de R$ 8 motivou briga que acabou em morte em casamento


A briga que terminou com a morte da aposentada Rosa Maria Leite Alves, de 56 anos, começou devido ao desaparecimento de R$ 8 do carro da família no estacionamento do bufê, onde ela, o marido e o filho participavam da festa de casamento de uma sobrinha, em Santo André, no ABC paulista. No bufê ocorriam duas festas. Uma, da sobrinha de Rosa. Outra, do casamento de Luiz Fernando Cerqueira, um vendedor de 29 anos.
O estacionamento do bufê era compartilhado por convidados das duas festas, realizadas em salões diferentes. O filho de Rosa, Leonardo Alves, de 28 anos, contou que ao deixar a festa da prima com a família percebeu que o dinheiro, que estava no carro, havia sumido. Ele diz que saiu do carro e ia reclamar com o gerente do estacionamento quando foi abordado por três homens.
Um deles teria perguntado aonde ele ia, e Leonardo teria dito que iria reclamar do furto com o gerente do estacionamento. Neste momento, um dos homens teria impedido.
- Ele disse: "Não você não vai. Está falando que a gente é bandido?" - conta Rogério.
Rogério afirma que, quando percebeu que haveria confusão, tentou entrar no carro, mas foi puxado e agredido inicialmente com uma cabeçada. Em seguida, passou a apanhar com socos e pontapés.
O pai e a mãe dele, que estavam no carro, desceram para impedir a briga, e acabaram também agredidos. Um dos homens entrou no carro de Rogério, deu marcha a ré e atropelou Rosa, esmagando-a contra outro carro. Em seguida, com Rosa já caída, teria dado um pontapé. Rosa chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu.
O atropelador foi identificado por testemunhas como sendo o próprio noivo da outra festa. Logo depois da briga, ele fugiu num Mercedes Benz preto, junto com mais duas pessoas.
Luiz Fernando Cerqueira foi preso em flagrante na casa dele, dormindo. Segundo o boletim de ocorrência registrado na Secretaria de Segurança Pública, inicialmente Cerqueira disse que havia bebido muito e que só se lembrava de ter se envolvido em uma briga na porta do bufê. Em seguida, falou com um advogado e mudou seu depoimento, dizendo que não participou da briga. Tentou ainda dizer que o culpado foi o cunhado dele.
No lugar de seguir para a lua de mel, Cerqueira foi preso e indiciado por homicídio qualificado, por motivo fútil, e lesão corporal dolosa consumada contra três pessoas. Ele foi submetido a exame de corpo de delito e será encaminhado a um presídio da região.
De acordo com a Secretaria, a polícia vai averiguar os outros dois ocupantes do Mercedes, que fugiram do local da festa junto com Cerqueira.
Rosa, que era auxiliar de enfermagem, havia se aposentado e fazia planos de se mudar com o marido para um sítio no interior de São Paulo.
FINTE Agência O Globo

Diário oficial do RN publica demolição do estádio Machadão


O Departamento de Estradas de rodagens do Rio grande do Norte divulgou nesta terça-feira (19) na edição do Diário Oficial do Estado, o contrato de concessão para demolição e remoção dos estádios Machadão e Machadinho. De acordo com a publicação, o contrato orçado em R$400 milhões será utilizado para a construção, manutenção e gestão operacional do Estádio das Dunas, durante 20 anos.
De acordo com o secretário Extraordinário para Assuntos Relativos à Copa no RN (Secopa), Demétrio Torres, o processo de demolição do estádio vai ocorrer por meio de um processo mecânico, sem que haja a necessidade de explosivos. A partir da utilização de equipamento vibratórios, todo o concreto será destruído para a construção do Arena das Dunas, porém ainda esta sendo estudado a maneira de se efetivar a ação.
“Temos um prazo de 90 dia para regulamentar as licenças necessárias, a relocação das secretarias e definir a melhor técnica para se aplicar no local. Agora é o momento de aguardar o tramite burocrático”, informou o secretário.

FONTE:DN OLINE

PAIXÃO DE CRISTO EM CRUZETA COMEMORA 14 ANOS

                                                                                                              



A encenação da Paixão de Cristo de Cruzeta completa 14 anos. O espetáculo ao ar livre acontece anualmente na Praça de Eventos Dr. Sílvio Bezerra de Melo, na Sexta-feira Santa. Os 60 atores da Companhia de Teatro Coisas da Terra já se preparam para encenar a Vida e a morte de Jesus Cristo.

O Diretor da Companhia, Ronaldo Macêdo, juntamente com a Direção de Arte prepara os detalhes finais para os ensaios que acontecem entre os dias 18 a 21 de abril de 2011. A encenação será realizada no dia 22, na Sexta-feira, às 16:30 horas.

A Companhia de Teatro Coisas da Terra está comemorando, este ano, 15 anos de fundação.
Leve toda sua família para assistir esse grande espetáculo ao ar livre.

2012: BATATA DEVERÁ SER A REVELAÇÃO DA POLÍTICA CAICOENSE

                                                                

Será que Batata vai ser a grande novidade na política caicoense?

Já é de costume em nosso Estado, pessoas com forte influência na mídia entrarem na política. Que o digam…HOJE…a prefeita de Natal, Micarla de Sousa, o deputado federal Paulo Wagner e o deputado estadual Gilson Moura, além de muitos outros, sem falar dos tempos passados.

Hoje, o programa do Batata, na Rádio Rural de Caicó, é Líder em audiência.

De família humilde, carismático, preocupado com os problemas da cidade, excelente locutor e barulhento…esse é o Batata.

Nas pesquisas, já aparece com mais de 10% para disputar o cargo de vereador.

Se continuar assim…poderá ser credenciado a disputar até o cargo de prefeito.

E Batata vem aí…

FONTE:JCN

No segundo dia de aulas, escola em Realengo deve receber mil alunos

Jaqueline deixa os filhos no colégio nesta terça (19) (Foto: Thamine Leta/ G1)                                                                                                     


Cerca de mil crianças e adolescentes devem comparecer nesta terça-feira (19) àEscola municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na Zona Oeste do Rio. Doze dias após a tragédia que deixou 12 crianças mortas, professores e estudantes se encontram em dois turnos para participarem de atividades culturais e de adaptação.
“Serão dois turnos com horários reduzidos. O turno da manhã começa às 8h e vai até as 11h. Já o da tarde se inicia às 14h e vai até as 17h. Todos os alunos foram convocados e devemos permanecer nesse esquema de turnos reduzidos até amanhã”, afirmou o diretor da escola, Luís Marduk.
Estudantes se abraçam no retorno à Escola Municipal Tasso da Silveira, nesta segunda-feira (18) (Foto: Fabio Motta/AE)

A aluna Ísis Venserval, de 11 anos, foi acompanhada da mãe Jaqueline e do irmão Herus para mais um dia de atividades na escola após o massacre. “Eu tinha que voltar a estudar aqui. Se a gente fosse para outra escola, poderia acontecer lá também”, disse.
Mais cedo, muitas mães deixavam seus filhos na porta da escola e esperavam por alguns minutos do lado de fora. “Minha filha está angustiada, prefiro ficar aqui fora um pouco, esperando caso ela queira sair e voltar pra casa. O psicólogo esteve na minha casa e pediu que eu ligasse se notasse algo diferente, mas ela está bem, só não dorme direito”, contou a dona de casa Sheila.
FONTE:G1