sábado, 16 de abril de 2011

FALTA APENAS 8 CENTIMETROS PARA O AÇUDE DE CRUZÊTA COMEÇAR A TRANSBORDAR

A POPULAÇÃO CRUZÊTENSE ESTÁ TORCENDO  QUE CHOVA HOJE, FALTANDO APENAS 8 CENTIMENTROS PARA O RESERVATORIO DE ÁGUA DO MUNICÍPIO COMEÇAR  A TRANSBORDAR, A EXPECTATIVA É GRANDE, E É BEM PROVÁVEL QUE COM QUALQUER CHUVA ISSO VENHA  ACONTECER.

ENTÃO VAMOS TORCE QUE CHOVA HOJE NA CRUZÊTINHA DE MAJOR PIANO.
FOTO TIRADA AS 10:20 DE HOJE


Mega-Sena pode pagar maior prêmio do ano neste sábado

Mega-Sena sorteia R$ 5 milhões neste sábado (Foto: Nathália Duarte/G1)



Acumulada há cinco concursos, a Mega-Sena pode pagar, neste sábado (16), a quem acertar as dezenas da faixa principal da loteria, R$ 59 milhões – maior prêmio do ano, segundo a Caixa Econômica Federal.
Antes dessa bolada, o maior prêmio pago em 2011 foi de R$ 52,4 milhões e saiu para dois apostadores em fevereiro. Caso haja uma aposta vencedora neste sábado, o valor de R$ 59 milhões será o sétimo maior da história da Mega-Sena.
O sorteio do concurso 1.275 acontece a partir das 20h (horário de Brasília). As apostas devem ser registradas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país.
De acordo com a Caixa, se aplicado na poupança, o prêmio pode render a bolada de quase R$ 390 mil por mês.

Fonte: G1

Garibaldi e Rosalba na Catedral de Santana de Caicó neste domindo de Ramos (17)




O senador licenciado e ministro da Previdência Garibaldi Alves Filho (PMDB) estará amanhã, domingo, 17, participando da solenidade de reinauguração das obras da Catedral de Santana de Caicó. Será às 9 horas
   A governadora do Rio Grande do Norte Rosalba Ciarlini (DEM) também confirmou presença.
   
   Fonte : Blog do xerife

Vettel voa na China, arrasa rivais e faz sua terceira pole na temporada 2011

O domínio anunciado nos três treinos livres para o GP da China foi confirmado com muita folga na sessão classificatória disputada neste sábado em Xangai. Quase sem fazer força, Sebastian Vettel voou no circuito, marcou o incrível tempo de 1m33s706 e assegurou sua terceira pole na temporada 2011 da Fórmula 1. O alemão da RBR confirmou a supremacia da equipe austríaca e colocou 715 milésimos de vantagem sobre Jenson Button, da McLaren, o segundo. Lewis Hamilton, companheiro do inglês, completou a lista dos três primeiros colocados no grid de largada.
Felipe Massa foi mais uma vez o melhor brasileiro do treino classificatório. O brasileiro marcou o sexto tempo, apenas uma posição e 26 milésimos atrás de Fernando Alonso, seu companheiro na Ferrari. Ele e o espanhol, aliás, estiveram no meio de uma polêmica no fim de semana. Tudo porque apenas o bicampeão do mundo recebeu uma nova asa dianteira desenvolvida às pressas pela equipe italiana. Entretanto, a peça não mostrou tanta eficiência assim na pista e Alonso sequer a usou na sessão decisiva.
A dupla da Ferrari ficou atrás do alemão Nico Rosberg, da Mercedes, que superou o companheiro Michael Schumacher com boa folga e vai largar na quarta posição neste domingo. A Rede Globo transmite o GP da China ao vivo na madrugada deste domingo, às 4h (de Brasília).

Exército registra em 2010 recorde de pedidos de desligamento em 10 anos

Um levantamento realizado pelo Exército a pedido do G1 aponta que 2010 foi o ano com maior número de pedidos de desligamento de oficiais e sargentos do Exército em dez anos. Foram 105 pedidos de demissão no ano passado, em 2009 foram 88. Para se ter uma ideia, em 2000, apenas 44 militares de carreira pediram para ir para a reserva.
saiba mais
Os dados apontam, ainda, queda no número de inscritos em algumas escolas militares desde 2000. A variação na relação candidato/vaga é mais visível na Escola de Sargento das Armas (EsSA), que em 2000 tinha 97.685 inscritos para 1.500 vagas (65 candidatos/vaga), e no ano passado apresentou 42.850 candidatos para o concurso de 1.178 vagas (média de 36 candidatos/vaga).

Em nota, o Centro Comunicação Social do Exército disse que “o número de inscritos para o exame de seleção da Escola de Sargentos das Armas (EsSA) vem se mantendo dentro de uma média de, aproximadamente, 40.000 candidatos/ano”, mas que “observa-se uma redução ao longo dos últimos anos” devido a três fatores: a exigência, a partir de 2006, de que os candidatos tenham ensino médio completo, “o considerável crescimento do número de vestibulares no país” e “o elevado número de concursos públicos realizados nos últimos anos no Brasil”.

Fonte :G1