segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Igreja Católica celebra Mártires de Cunhaú e Uruaçu


Católicos do Rio Grande do Norte recordam, nesta segunda feira (03), feriado estadual, o massacre dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, mortos por holandeses no ano de 1645, por não aceitarem a imposição da religião protestante calvinista. As celebrações eucarísticas começam a partir das 7h, no Monumento dos Mártires, em São Gonçalo do Amarante. É esperado a participação de 40 mil fiéis nas missas e shows católicos que estão programados. 

Em maio de 2000, o papa João Paulo II beatificou os mártires de Cunhaú e Uruaçu como exemplos de fé cristã e defensores da Igreja Católica. Naquele ano, o Governo do Estado, em resposta à uma solicitação da Arquidiocese de Natal, decretou o feriado de 3 de outubro. A data é simbólica. Foi no dia 3 de outubro de 1645, que 79 religiosos foram assassinados em Uruaçu. Dois meses antes, no dia 16 de julho, enquanto participavam de uma missa, 69 católicos foram massacrados em Cunhaú. "Os mártires foram escolhidos como padroeiros do Rio Grande do Norte devido à importância do fato. Eles foram os primeiros mártires do Brasil, por isso o nome protomártires", explica Pe. Antônio Murilo de Paiva, capelão dos mártires.

FONTE: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário