quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Brasil vira sobre o México com fim de jejum de R10 e golaço de Marcelo



Craque é aquele que decide. E se todos cobravam o retorno de Ronaldinho Gaúcho como protagonista na Seleção Brasileira, nesta terça-feira, no amistoso contra o México, em Torreón, o atacante do Flamengo mostrou que está “vivo”. Foi dele o pontapé inicial para a virada por 2 a 1 do Brasil sobre os mexicanos. De falta, ele empatou o jogo aos 33 minutos, encerrou um jejum de quatro anos sem balançar a rede com a amarelinha e abriu o caminho para Marcelo virar aos 38.
ronaldinho gaúcho brasil x méxico (Foto: Mowa Press)

A boa atuação do camisa 10 evitou um drama de novela mexicana para a Seleção. Afinal, tudo começou errado. No primeiro tempo, David Luiz marcou contra, Daniel Alves foi expulso e Jefferson teve de defender pênalti de Guardado para dar sobrevida ao time de Mano Menezes. Mas sob a batuta do craque, responsável pelas principais jogadas do segundo tempo, o Brasil se superou. Nos acréscimos, Ronaldinho foi substituído por Hernanes e deixou o campo aplaudido de pé pela torcida mexicana no estádio Corola.


O amistoso começou com homenagem da Federação Mexicana de Futebol ao goleiro Osvaldo Sánchez, de 38 anos. Jogador do Santos Laguna, de Torreón, ele recebeu uma placa por gratidão aos serviços prestados ao time. Ele esteve em três Copas do Mundo: 1998, na França, 2002, na Coréia e no Japão, e 2006, na Alemanha.
Aproveitando o clima de festa, os torcedores mexicanos se empolgaram e passaram a gritar “olé” a cada toque de bola dos donos da casa. E foi isso mesmo que os jogadores fizeram com a Seleção Brasileira. Colocaram na roda. Com bom toque de bola, o México dominou a equipe de Mano Menezes e logo abriu o marcador.

FONTE: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário