quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Professora baleada por aluno deixa hospital de São Paulo

carta professora (Foto: Kleber Tomaz/G1)


A professora Rosileide Queiroz de Oliveira, de 38 anos, baleada por um aluno de 10 anos em uma escola de São Caetano do Sul, no ABC, deixou por volta das 14h45 desta quinta-feira (29) o Hospital das Clínicas de São Paulo. Rosileide foi baleada no dia 22 pelo aluno Davi Mota Nogueira, que se matou em seguida dentro da Escola Municipal Professora Alcina Dantas Feijão. Ela não saiu do hospital pelo acesso do Instituto de Ortopedia, onde os jornalistas a aguardavam. A assessoria de imprensa confirmou, porém, que ela deixou o HC.
A professora divulgou uma carta no final da manhã desta quinta-feira. No texto entregue à imprensa, ela agradece à Polícia Militar pelo socorro, ao Hospital das Clínicas de São Paulo pelo atendimento recebido e aos professores e alunos que a ajudaram quando foi atingida pelo disparo.
“Agradeço a Deus por estar aqui! Gostaria de agradecer a equipe do Águia da Polícia Militar que me prestaram os primeiros socorros, aos professores e funcionários da escola que me ajudaram, a todos do HC pelo ótimo atendimento. Agradeço aos alunos do Alcina e familiares pelo carinho e dedicação. Que Deus dê forças para todos nós!”, diz o texto.

FONTE:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário