quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Polícia prende 15 pessoas suspeitas de 64 homicídios

No RN, houve prisões nas cidades de Antônio Martins e Caraúbas


Cento e setenta e cinco policiais civis e militares do Rio Grande do Norte e da Paraíba participaram ontem da operação "Laços de Sangue". A ação conjunta  conseguiu colocar atrás das grades 15 pessoas que, de acordo com informações da secretaria de estado da Segurança e da Defesa Social da Paraíba, são responsáveis pelo homicídio de 64 pessoas, além de outros crimes. As prisões aconteceram nas cidades de João Pessoa/PB, Catolé do Rocha/PB, Patos/PB, Antônio Martins/RN e Caraúbas/RN. O nome da operação é uma referência ao envolvimento de membros pertencentes às famílias Oliveira, Veras e Suassuna.
Na PB foram presas 11 pessoas. No RN, 25 agentes civis e 20 policiais da PM realizam a prisão de quatro bandidos da mesma família: Oliveira. No município de Antônio Martins, foram presos os irmãos Francisco Neto de Oliveira, 44 anos, José de Paiva de Oliveira, 30, e Francisco Marcondes de Oliveira, 34 anos. Em Caraúbas, foi preso Walison Souza de Oliveira, 21 anos.

Com o grupo, foi apreendido armas e munição [veja box]. "Estamos trabalhando em conjunto para fortalecer a fiscalização nas divisas dos estados", disse o titular da secretaria estadual de  Segurança Pública, Aldair da Rocha.

De acordo com o secretário, há informações de que os bandidos iriam atuar no próximo fim de semana. "A polícia da Paraíba nos passou essa informação. Por conta disso, antecipamos o início da operação e, felizmente, conseguimos prender os bandidos", informou Aldair. Ainda de acordo com a polícia, as famílias Oliveira, Veras e Suassuna brigam entre si desde os anos 50.

FONTE: TRIBUNA DO NORTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário