terça-feira, 2 de agosto de 2011

Policia Ambiental encontrou e destruiu 100 arapucas para arribaçãs em São José do Seridó


Desde a tardinha dessa segunda feira (01/08), policiais ambientais do 2º Pelotão de Proteção Ambiental de Caicó e de Parelhas realizaram uma fiscalização no sitio Caatinga Grande em São José do Seridó/RN, missão essa de combater a prática da caça predatória da espécimes de Arribaçãs, quando por voltas das 17:30 após intensa caminhada as guarnições sob o comando do SGT. Cincinato se deparou com várias arapucas armadas, alçapão ou popularmente conhecida como “sangras” (armadilha para capturar as arribaçãs), onde aproximadamente 100 sangras foram queimadas.
O objetivo desse trabalho é proteger os pombeiros da (Zenaida auriculata), no período de reprodução dessas aves migratórias, as Arribaçãs. Uma vez que nesta época é comum estas aves chegarem em bandos para fazerem seus ninhos, tornando-se vulneráveis aos caçadores que abatem essas aves de forma cruel e indiscriminada, destruindo ninhos e ovos.
A Fiscalização foi composta pelos seguintes policiais ambientais de Caicó (SGT. Cincinato, SD Estevam, SD Catônio, SD Reginaldo e M. Dantas) como também os policiais Ambientais de Parelhas (SD Nivanildo e SD J.Carlos) e o apóio incondicional dos policias da Delegacia Municipal de São José do Seridó. As fiscalizações permanecerão na região principalmente nos locais de reprodução dessas aves a fim de inibir as ações predatórias, permitindo que as Arribaçãs continuem na natureza.
 
FONTE: EDUARDO DANTAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário