sábado, 4 de junho de 2011

Servidores da UFRN devem entrar em greve nesta segunda-feira

Os funcionários da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e da Universidade Federal do Semiárido (Ufersa) serão os próximos a aderir à onda de greves no estado. Para os servidores da UFRN, a paralisação está prevista para iniciar a partir da próxima segunda-feira, enquanto os da Ufersa devem entrar em greve a partir da quarta. A decisão foi tomada durante assembleia realizada pelas categorias, seguindo a orientação da Fasubra (Federação de Sindicatos de Trabalhadores das Universidades Brasileiras).

A plenária nacional da federal ocorreu no dia 01 de junho e nela cerca de 130 delegados, representantes das bases de cada estado brasileiro votaram favoravelmente à deflagração da greve para o próximo dia 06. A assembleia da UFRN aconteceu dia 27/05 e a da Ufersa foi realizada anteontem, ambas mantendo o indicativo de greve. Uma nova assembleia de deflagração da greve ocorre na próxima segunda-feira(06), a partir das 8h30, na reitoria da UFRN. No caso da Ufersa, a reunião dos trabalhadores será na próxima quarta-feira (08), com horário e local ainda por serem definidos.

De acordo com informações do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Ensino Superior (Sintest/RN), a Fasubra protocolou, junto ao Governo Federal sua pauta de reivindicações. A entidade já realizou, neste ano, quatro reuniões temáticas com o Ministério do Planejamento, que discutiram os pontos de reivindicações, porém em nenhuma delas o governo sinalizou com contraproposta ou algo concreto. Os servidores pedem, dentre outras coisas, a implementação de piso de três salários mínimos, reposicionamento de aposentados e isonomia salarial e de benefícios.

FONTE: DN OLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário