segunda-feira, 27 de junho de 2011

Potiguares travaram a disputa mais acirrada pelas bolsas do ProUni

A maior disputa por bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) para o segundo semestre de 2011 se deu no Rio Grande do Norte. Cada uma das 718 vagas disponíveis foi disputada por 15 candidatos. A lista dos estudantes pré-selecionados para participar do programa foi divulgada hoje (27) pelo Ministério da Educação (MEC) e pode ser consultada na página do ProUni na internet.

Pernambuco, Pará, Alagoas, Piauí, Maranhão e Paraíba também registraram mais de dez candidatos por bolsa disponível. Em termos absolutos, o estado com o maior número de inscritos foi Minas Gerais (68 mil), seguido por São Paulo (67 mil), Bahia (32,1 mil), Rio Grande do Sul (32 mil) e Rio de Janeiro (29 mil).

O ProUni oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior para quem cursou o ensino médio em escola pública. Para concorrer é preciso ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nesta segunda edição de 2011 foram ofertadas 92 mil bolsas, sendo 46 mil integrais e 45 mil parciais, que bancam metade do valor da mensalidade.

Os candidatos aprovados deverão comparecer à instituição de ensino onde foram selecionados até 6 de julho para comprovar as informações prestadas na inscrição. A lista dos documentos que devem ser apresentados também está disponível na página do ProUni na internet.

Ainda estão previstas mais duas chamadas, nos dias 12 e 25 de julho, para preencher as vagas remanescentes. Caso ainda haja bolsas disponíveis, será gerada uma lista de espera que poderá ser utilizada pelas instituições de ensino para preenchê-las.

Nenhum comentário:

Postar um comentário