quarta-feira, 15 de junho de 2011

Pela 1ª vez, risco do Brasil é menor que o dos EUA, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta quarta-feira (15) que o risco brasileiro está, pela primeira vez na história, abaixo do risco dos Estados Unidos.“Estamos muito felizes com isso, porque mostra a solidez da economia brasileira e a confiança que nós temos do mercado sobre a economia brasileira”, comemorou.
Como referência para análise, o ministro usou o instrumento conhecido como Credit Default Swap (CDS) – um “seguro” do risco para a exposição a títulos da dívida dos países.
“Há um volume de mais de US$ 70 trilhões nessa modalidade, sendo que quando hoje você faz um seguro sobre a dívida brasileira, você paga 41.2 pontos base”. “Para fazer o americano, é 49.7 – portanto, pela primeira vez na história, o risco Brasil é menor do que o risco dos EUA”, disse ele, referindo-se aos contratos de CDS de um ano.
Mantega ainda disse que a diferença de risco entre os dois países reflete a política fiscal correta do Brasil. “A presidente ficou muito satisfeita com essa questão. Isso mostra que estamos praticando uma política econômica correta que vem consolidando o Brasil e impondo respeito ao resto do mundo”.

FONTE:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário