domingo, 22 de maio de 2011

Meteorologistas ainda fazem previsão de muita chuva no RN

As previsões metereológicas para o inverno do Rio Grande do Norte ainda são de muita chuva para os próximos três meses. Esse ano já choveu em Natal mais de 2300 mm, quando a média histórica no nosso Estado é de 800 mm. Segundo o metereologista da Emparn, Gilmar Bristot, que participou da reunião mensal de Análise Climática para a região semi-árida do Nordeste que aconteceu em Aracaju e foi encerrada quinta feira, a previsão é que em todo o Estado ainda vai chover em torno de 40% acima da média nos meses de junho, julho e agosto.
De acordo com o boletim diário de chuvas, das 7 horas de quarta feira, 18 de maio, até as 7 horas de 19 de maio, os postos registraram chuvas em 60 municípios do Estado. Os maiores índices foram registrados em Baía Formosa de 94 m. No Seridó a chuva mais intensa foi em São José do Seridó, 20 mm. Nos últimos 15 dias as chuvas provocaram a sangria de 20 açudes de grande porte. Segundo dados do DNOCS, o volume de água armazenado nesses reservatórios aumentou de 95% para 98% da sua capacidade total.
Agora, depois dessas fortes chuvas que caíram, inclusive provocando alagamentos como no bairro João XXIII em Caicó e na cidade de Ipanguaçu, e sabendo das previsões de que mais chuvas continuarão a cair, segundo os técnicos da Emparn e do DNOCS, o importante é que as autoridades fiquem monitorando a previsão diária de chuvas, para adotar medidas emergenciais caso seja necessário.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário