sexta-feira, 6 de maio de 2011

Juiz só vai apreciar pedido de liberdade de médico quando ele deixar internamento

O juiz Luiz Candido de Andrade Villaça, da Vara Criminal da comarca de Caicó, só vai apreciar qualquer pedido em favor do médico Hélio Rubens de Oliveira, 68 anos, quando ele deixar o internamento. Enquanto isso, ele fica custodiado pela polícia onde estiver.
O médico Hélio Rubens, que otorrino e pneumologista, foi preso esta semana acusado de “apalpar” os seios de uma cliente quando esta era consultada por ele no Centro Regional Integrado de Saúde – Cris em Caicó.
Quando estava na delegacia de polícia na noite de quarta-feira, 04 de maio, o médico sofreu um “pico de pressão” e teve que ser atendido por um cardiologista, e depois encaminhado para o internamento na UNIMED.
O advogado Janduí Fernandes, disse que pretende provar a inocência de seu cliente mostrando que tudo não passa de uma armação, mas ainda não tentou o ingresso de nenhum pedido de relaxamento da prisão junto a Vara Criminal da comarca de Caicó.

FONTE:BLOG DO SIDNEY SILVA

Nenhum comentário:

Postar um comentário