quarta-feira, 25 de maio de 2011

Corte de despesas gera polêmica na Assembleia Legislativa

O pedido de redução de despesas, feito pela governadora Rosalba Ciarlini (DEM) ao secretariado estadual na noite da última segunda-feira, gerou polêmica entre oposicionistas e governistas na Assembléia Legislativa. O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) criticou o argumento usado pela gestora para conter os gastos. Segundo ele, mudanças no orçamento são corriqueiras e todos os governos enfrentam esse mesmo problema. "A justificativa de ter que cortar para cumprir o orçamento é falha. O orçamento é uma previsão. Não é definido. Sempre existem variações. O governo deveria saber disso", declarou o parlamentar.

Mineiro também criticou o que considera falta de diálogo da governadora com os grevistas. Já são cerca de 15 categorias em greve e outros servidores estaduais ameaçam paralisar as atividades nos próximos dias. Para o deputado, o governo age de forma intransigente com os trabalhadores. "O problema é que o governo não negocia. Dessa forma, é impossível mudar a situação. O mesmo ocorre em relação aos fornecedores. A governadora mandou agora para a Assembleia um projeto que pede para dar um calote neles", criticou.


FONTE:DN OLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário