sexta-feira, 6 de maio de 2011

Copa do Mundo deve gerar 700 mil empregos no país

 
A estimativa de geração de empregos foi divulgada pelo ministro do Esporte durante um seminário sobre a Copa .

 O ministro do Esporte, Orlando Silva, afirmou hoje (6) que a Copa do Mundo de 2014 deve gerar cerca de 700 mil empregos em todo país. Segundo ele, aproximadamente 380 mil postos de trabalho serão abertos durante a preparação do país para o torneio. O restante das vagas será preenchido durante a realização do Mundial.
As previsões, segundo o ministro, constam de um estudo sobre impactos econômicos da Copa do Mundo encomendado pelo governo federal. A estimativa de geração de empregos foi divulgada por Silva durante um seminário sobre a Copa do qual ele participa em São Paulo.

"A Copa do Mundo é geração de emprego, de renda e de desenvolvimento", afirmou ele. "Todas as obras que estão previstas vão precisar de trabalhadores."

Segundo Silva, os trabalhadores da construção civil serão beneficiados, principalmente, pelos investimentos em aeroportos, portos e nos sistemas de transporte público nas 12 cidades-sede da Copa. Só nos aeroportos, informou ele, o investimento previsto é de R$ 6 bilhões.

O ministro disse também que o setor de turismo deve crescer muito com a realização da competição. Hotéis e restaurantes, por exemplo, devem aumentar seu quadro de funcionários para atender os turistas brasileiros e estrangeiros que assistirão aos jogos da copa.

FONTE: RN NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário