sábado, 21 de maio de 2011

Cidades da Copa terão prioridade para receber tecnologia 4G, diz governo

O governo federal vai priorizar as 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 na implantação da quarta geração (4G) da telefonia móvel no Brasil , disse ao G1 o diretor do Departamento de Banda Larga do Ministério das Comunicações, Artur Coimbra de Oliveira.
As 12 cidades-sede são Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.
O 4G é o nome dado a um conjunto de tecnologias e padrões de transmissão de dados e voz por redes de telefonia celular. Alcança velocidades de cerca de 100 megabit (Mbps), uma taxa de transmissão cerca de dez vezes maior do que a máxima obtida atualmente pelo 3G, que é de 7 Mbps - o que as prestadoras vendem como plano de 1 Mbps.
“O 4G é para o celular, mas pode ser para o modem também. Além da velocidade com mobilidade, a vantagem do 4G é que, como é banda larga sem fio, permite chegar a lugares que não chegam atualmente, como a periferia”, afirmou Oliveira.
Segundo o diretor do ministério, as empresas implantarão a rede 4G gradualmente, mas  a meta é ter em 2014 todas as cidades-sede da Copa cobertas pelo sistema. "Pelo menos as cidades-sede. Pode ser que em outros municípios também, mas a principal preocupação é com as cidades-sede da Copa ”, disse Artur Oliveira.
No começo da semana, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse que a empresa sul-coreana SK Telecom pretende disputar o leilão de frequências que introduzirá o 4G no Brasil.

FONTE:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário