segunda-feira, 18 de abril de 2011

Médicos do RN entram em greve por tempo indeterminado


Os médicos do estado entram em greve a partir desta segunda-feira (18), por tempo indeterminado. Foi o que anunciou o Sindicato dos Médicos do RN (Sinmed-RN), na última sexta-feira (18). Os profissionais não aceitaram as propostas do governo referente a atrasos no pagamento dos salários.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) propôs aos médicos a condição de pagar, a partir de agora, dois vencimentos por mês. Ou seja, o pagamento de abril seria pago juntamente com o atrasado de novembro, e assim por diante, mas eles não aceitaram a proposta.

De acordo com o médico Marcílio Mariano de Oliveira, contratado em novembro de 2010, o trabalho desenvolvido por eles no pronto-socorro do Walfredo Gurgel é estressante. "Já chegamos no limite. Trabalhamos em situações muito difíceis tanto no pronto-socorro quanto nas cirurgias, urgência e enfermaria do hospital. Precisamos ser remunerados por isso".

Entre os médicos prejudicados pelo atraso no pagamento estão os ortopedistas e cirurgiões do pronto-socorro do Walfredo Gurgel, e infectologistas do Giselda Trigueiro. Segundo sindicato, todos vão aderir a greve, assim os médicos recém-contratados, lotados em outras unidades, que estão sem receber seus salários.
FONTE: DN OLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário